0.000
Nome Artístico
Mauro Albert
Nome verdadeiro
Mauro Albert Pereira
Data de nascimento
29/9/1976
Local de nascimento
Curitiba, PR
Dados biográficos

Instrumentista (violonista e violeiro). Compositor

Passou a infância em São Paulo, onde, em meados da década de 1980, iniciou os estudos musicais, de maneira autodidata.

Dados artísticos

Aos 13 anos, começou a tocar profissionalmente na noite, em bares e bailes.

A partir de 1991, dividindo residência entre São Paulo e Florianópolis, atuou em palco e estúdio, além de lecionar música.

Participou de gravações com bandas e artistas solos, e também de trilhas publicitárias. Atuou em palco com os grupos TRY, III Milênio (SC), Tríade (com o violonista e cantor Marcoliva e o percussionista Brother), em duo com o cantor Renato Viviani, na parceria que se estenderia por muitos anos com o violonista Carlos Paiva, e ainda com a banda gospel Katsbarnéa e a banda japonesa Cristal Waters, com a qual se apresentou em várias casas do Japão. Como professor, trabalhou em vários conservatórios e escolas de música de São Paulo.

Em 1998, lançou o primeiro CD solo, o instrumental “Inside”, com diversas influências como rock, jazz e New Age, passando pelo blues e o clássico. Com shows e workshops, viajou na divulgação do disco por varias cidades brasileiras. Numa dessas viagens, teve seu interesse despertado para a viola caipira.

Em 2001, lançou o CD “A viola e o mar…”, contendo suas composições “Gunas I, II e III”, “Tocaia”, “Janelas”, “Linha cascata”, “Aurora”, “O cio d água”, “A carranca e o calango”, “Beira-mar”, “Miragem”, “Cãotião”, “Inverno, noite e lagoa” e “Viagem rio acima”, além de uma releitura de “Correnteza” (Tom Jobim e Luis Bonfá).

No ano seguinte, recebeu o título de Violeiro Revelação do Paraná, tornando-se músico oficial da academia de cultura do estado. Também em 2002, viajou pelo Brasil com workshops e shows de divulgação do CD “A viola e o mar…”, além de ter participado de programas de TV.

Em 2003, gravou o CD “Terra”, que contou com a participação dos músicos Carlos Paiva (violão), Reginaldo Feliciano (baixo), Zeca (violão), Tom (acordeom) e Walter Osório (flauta). No repertório, suas composições “Bica d água”, “Vale das Borboletas”, “Acabrunhado”, “O velho rio”, “Pavio”, “Chá com mé”, “Vida”, “Alma de pirilampo” e “Kamikaze”, além de “Mourão da porteira” (João Pacífico e Raul Torres). Ainda nesse ano, foi reconhecido como Revelação Artística pela Academia de Cultura do Paraná.

Voltado para a temática de conscientização e preservação do meio ambiente, lançou, em 2004, o CD “O canto das cordas”, unindo o som da viola a sons da natureza, e utilizando o violão de 6 em afinações alternativas. No repertório, suas composições “Intro”, “Aurora”, “Sobre um olhar”, “Ilha”, “Asas”. “Viagem rio acima”, “Além de chuva…”, “Vida”, “ECO”, “Sahara”, “O velho rio” e “Entardecer”.

Desenvolveu, juntamente com o luthier Nilson De Mari, o “violalão”, uma mistura da viola com o violão, com 10 cordas (quatro pares e duas soltas).

Vem realizando oficinas, ministrando aulas e apresentando-se em shows pelo Sul do país, alternando moradia entre Florianópolis e Londrina, e dividindo palco com outros artistas da região, como Guinha Ramires, Tatiana Cobbett, Marcoliva, Alessandro Kramer e Leonardo Garcia, entre outros.

Discografias
2004 Independente CD O canto das cordas
2003 Independente CD Terra
2001 Independente CD A viola e o mar...
Obras
A carranca e o calango
Acabrunhado
Alma de pirilampo
Além de chuva...
Asas
Aurora
Beira-mar
Bica d' água
Chá com mé
Cãotião
Eco
Entardecer
Gunas I, II e III
Ilha
Intro
Inverno, noite e lagoa
Janelas
Kamikaze
Linha cascata
Miragem
O cio d' água
O velho rio
Pavio
Sahara
Sobre um olhar
Tocaia
Vale das Borboletas
Viagem rio acima
Vida