0.000
Nome Artístico
Luiza Possi
Nome verdadeiro
Luiza Possi Gadelha
Data de nascimento
26/6/1984
Local de nascimento
Rio de Janeiro, RJ
Dados biográficos

Cantora.

Filha da também cantora Zizi Possi e do músico e produtor Líber Gadelha.

Dados artísticos

Convivendo entre músicos e música popular desde menina, iniciou a carreira artística em 2002, realizando uma participação em um show de Zizi Possi, no Canecão (RJ). Nesse mesmo ano, lançou seu primeiro disco, “Eu sou assim”, contendo as canções “Eu posso sonhar” (Rick Bonadio e Eric Silver), “Assim é a vida” (Eric Silver, vrs: R. Bonadio, R. Menezes e R. Castanho), “Tanto faz” (Rick Bonadio, Eric Silver e Ricardo Menezes), “Quase um segundo” (Herbert Vianna), “Dias iguais” (Adams e Thornalley, vrs: R. Bonadio), “Quanta dor” (Alexandre Lalas e Vini Rosa), “Sem você” (Sérgio Soffiati), “Os exilados” (Chico Amaral e Samuel Rosa), “Retratos e canções (Paulo Massadas e Michael Sullivan), “Quero te ver” (Vinny), “Intuição” (Sérgio Soffiati), “Saudade de você” (Blanch e Alex Vinícius), “Não vivo um minuto sem você” (Vinny), “Dias iguais” (“How do You Feel Tonight”) (Adams -e Thornalley, vrs: R. Bonadio) e a faixa-título (Jason Deere, Alexa Falk e Natalee Falk, vrs: R. Bonadio e R. Menezes), esta última incluída na trilha sonora da novela “Mulheres apaixonadas” (Rede Globo). O disco foi produzido por Rick Bonadio e teve direção artística de Líber Gadelha. A partir da inclusão de sua gravação na novela, começou a ser considerada uma revelação dentro da nova MPB.

Em 2003, foi contemplada com os seguintes prêmios: Multishow, na categoria Revelação; Leão de Ouro, na categoria Revelação; Jovem Brasileiro; Academia Brasileira de Letras; DJ Sound Magazine, na categoria Melhor Cantora Pop; e Super CAP de Ouro, na categoria Melhor Intérprete.

Em 2004, lançou o CD “Pro mundo levar”, contendo suas canções “Imortais” e “Bali Hi”, ambas com Nelson Júnior, e também “Só pra te dizer não”, versão assinada em parceria com Nelson Júnior para canção original de L. A. Arran e D. A. Dyer, além de “Em busca da felicidade” (Frejat, Maurício Barros e Mauro Santa Cecilia), “Sair de casa (Kiko Zambianchi), “Tudo que há de bom” (Tony Rich, vrs: Tavinho Paes), “Pequena história de um grande amor” (Vinny e Bernardo Vilhena), “Se pensou” (Léo Maia), “Nem bem acordo” (Zeca Baleiro), “A vida é linda” (Marcus Menna), “Ilegal, imoral ou engorda (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), “Itinerários” (Totonho Villeboy e Eugênio Dale), “Aquele grandão” (Mário Manga e Leda Pasta) e “Over the Rainbow” (E. Y. Harburg e Harold Arlen), esta última incluída na trilha sonora da novela “Chocolate com pimenta” (Rede Globo). O disco foi produzido por Rick Bonadio e teve direção artística de Líber Gadelha. A faixa “Tudo que há de bom” foi incluída na trilha sonora da novela “Senhora do destino” (Rede Globo). Nesse mesmo ano, participou da turnê de Alceu Valença cantando com ele a canção “Tesouro do desejo”.

Sua carreira atingiu, então, o patamar de jovem estrela da canção popular, sendo requisitada para shows e programas de TV e Rádio.

Em 2005, foi premiada pelo jornal “O Globo” como Melhor Intérprete, por sua participação no CD e DVD “Barzinho e Violão” (Multishow).

Em 2007, apresentou-se no Teatro Municipal de Niterói, em show de gravação de DVD, com direção de Pedro Neschling e direção geral de Líber Gadelha. No repertório, sucessos dos CDs “Eu sou assim” (2001), “Pro mundo levar” (2004) e “Escuta” (2006).

Discografias
2004 Indie Records CD Pro mundo levar
2002 Indie Records CD Eu sou assim
Obras
Bali Hi (c/ Nelson Júnior)
Imortais (c/ Nelson Júnior)
Shows
Luiza Possi. Show de gravação do DVD. Teatro Municipal de Niterói.
Bibliografia Crítica

ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira – Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008; 2ª ed. Esteio Editora, 2009.